A polo tradicional

Nós Somos Polo

A primeira camisa polo de algodão foi inventada em 1933 por René Lacoste. Resistente e, ao mesmo tempo, leve e arejada, ela foi confeccionada a partir de um tecido totalmente novo: o petit pique. O segredo para a sua criação foi uma nova e revolucionária técnica de tecelagem e malharia.

Tradição

A história

A história por trás da camisa polo original

Inovação significa ter coragem de encarar os riscos

René Lacoste,um ousado inovador

Como oferecer maior liberdade de movimento aos tenistas? René Lacoste encontrou a inspiração perfeita ao avaliar criteriosamente o uniforme de um habilidoso jogador de polo chamado Lord Cholmondeley. Foi assim que Lacoste criou uma camisa totalmente revolucionária, com decote abotoado e mangas curtas. Os tenistas da época estavam acostumados a arregaçar as mangas de suas camisas de tecido grosso para conseguir um pouco de alívio, mas a invenção de René Lacoste lhes ofereceria total liberdade de movimento.

Tradição

L.12.12

L significa Lacoste; 1 por sua total exclusividade; 2 era o código de fábrica atribuído às mangas curtas; 12 foi o número do protótipo escolhido.

A camisa polo original

René Lacoste firmou uma parceria com André Gillier, especialista em tecido de ponto largo, para refinar o desenho das suas primeiras camisas polos. Juntos, eles criaram o famoso algodão pique: leve, resistente e ventilado, que permite ao corpo respirar, sem deixar de lado o visual elegante. Perfeccionista, René Lacoste testou a primeira série de camisas polos sozinho, em busca de detalhes que pudessem melhorar o projeto. Em 1933, a camisa polo Lacoste estava pronta e com a marca do tradicional crocodilo.

Um codinome

L significa Lacoste;
1 por sua total exclusividade;
2 era o código de fábrica atribuído às mangas curtas;
12 foi o número do protótipo escolhido.

Elegância atemporal

René Lacoste revolucionou os tradicionais códigos de vestuário no tênis. Sem alterar a etiqueta estabelecida, ele introduziu um novo tipo de moda prática e elegante. Esse é o conceito por trás das suas camisas polo. Elas têm um visual atraente e são confortáveis e práticas. São elegantes e absolutamente prazerosas de usar. Para Lacoste, esses dois conceitos estão longe de ser incompatíveis.

Heritage

Galeria de polos

Viaje pelo tempo e descubra como a nossa camisa polo foi revisitada e redesenhada ao longo dos anos para se manter atualizada em relação às diferentes épocas.

A polo através dos anos.

Elegante e confortável, a camisa polo inventada por René Lacoste é constantemente atualizada e ocasionalmente redesenhada pelos mais famosos designers do mundo, a fim de acompanhar as diferentes épocas e dar um toque lúdico à tradição da peça. Tudo sem perder a sua identidade original absolutamente inigualável.

Nossas primeiras polos

As camisas polos originais com os tradicionais códigos da marca

Nossas polos Collector

A camisa polo reinterpretada pelos mais famosos designers do mundo

Nossas polos estampadas

A camisa polo com as mais variadas estampas

Savoir Faire

A criação

Desde 1933 que a polo Lacoste é produzida em Troyes, a capital francesa da tecelagem, preservando o savoir-faire único da marca.

3 passos

A polo Lacoste é confeccionada em três passos, que aliam testes rigorosos ao savoir-faire tradicional, para produzir a peça perfeita.

Primeiro passo

Tecelagem

O petit piqué Lacoste é feito a partir de fibras longas de algodão, proporcionando flexibilidade, resistência e suavidade.

Os materiais

A fibra de algodão usada para confeccionar a polo Lacoste é uma das mais flexíveis e resistentes do mundo. Cada lote é testado para garantir que ele atenda aos mais altos padrões de qualidade. Somente o melhor algodão pode produzir um tecido petit piqué leve, resistente e respirável.

Leia mais sobre o Petit Piqué

O processo

O mesmo lote de algodão é usado para produzir cada camisa polo. O fio é então tecido cuidadosamente em vários teares diferentes.

São necessárias de 2 a 3 horas para preparar cada tear.

Segundo passo

Tingimento

Em 1951, a primeira gama de cores da polo de algodão Lacoste introduziu um novo e vibrante otimismo a esta peça clássica, combinando com o seu estilo elegante e descontraído. Atualmente a polo Lacoste está disponível em mais de 40 cores.

A tonalidade exata

O processo de tingimento dura aproximadamente nove horas, várias peças da mesma cor tingidas ao mesmo tempo - isto garante uniformidade de cores. A quantidade de tinta utilizada difere de uma cor para outra. As cores mais escuras requerem mais tinta e as cores mais claras menos. Este contraste pode explicar a mínima diferença de peso entre uma polo clara e uma escura.

Após o tingimento, o tecido é exposto a uma intensa luz natural durante 2.000 horas.

Terceiro passo

Montagem

Cada polo é confeccionada à mão por um grupo de pessoas. Esta atenção aos detalhes é parte essencial do savoir-faire da marca e sua contínua busca da excelência.

O crocodilo

O icônico logo do crocodilo, usado originalmente por René Lacoste em seu blazer, é cuidadosamente costurado ou bordado à mão em cada polo.

São necessários 1.200 pontos bordados
para cada crocodilo de 30 mm.

Elegância é... criar simplicidade... e garantir que os detalhes permaneçam discretos.
René Lacoste

As golas

O canelado da gola é um elemento-chave da clássica polo Lacoste. Requer atenção especial aos detalhes e um acabamento totalmente manual.

O botão de madrepérola

Cada botão é colocado manualmente na máquina de costura para garantir que seja costurado do lado correto. Essa atenção aos detalhes é intrínseca à fabricação da polo Lacoste.

Petit piqué

A criação

O petit piqué é um tecido exclusivo inventado por René Lacoste para uso próprio e que fez com que a polo se tornasse confortável e elegante.

Nas quadras

O petit pique revolucionou o vestuário do tênis. O novo tecido ofereceu liberdade de movimento e facilitou a prática do esporte.

Leia mais sobre as origens da camisa polo

Petit piqué

O fio

PO petit piqué é feito com algodão de alta qualidade. As fibras são escolhidas pelo seu comprimento e resistência.

São necessários 25 km de fio para confeccionar uma polo L.12.12 tamanho 4

Comprimento do fio

O petit piqué usa fibras de algodão mais compridas que os tecidos comuns. Isso cria um material estável e resistente, embora leve e ventilado.

Costura com dois fios

O mesmo lote de algodão é usado na produção de cada uma das camisas polos. O algodão é, então, cuidadosamente entrelaçado em diferentes teares./p>

Petit piqué

Tecelagem com dois cabos

O mesmo lote de algodão é utilizado para produzir cada polo. O algodão é então tecido em vários teares diferentes. Para aumentar a resistência das polos são colocados dois fios antes de cada etapa da tecelagem.

O PROCESSO

Os fios de algodão são tecidos para criar milhares de pequenas células que permitem a passagem do ar. Esta técnica especial faz do petit piqué um tecido altamente ventilado e leve.

A MALHA

O petit piqué de algodão é leve, resistente e elegante. O segredo deste tecido único está numa técnica de tecelagem e tricotagem inovadora, desenvolvida e aperfeiçoada por René Lacoste e André Gillier.

Por ano são usadas 180.000 agulhas para produzir o petit piqué de algodão.

Petit piqué

A SENSAÇÃO

A polo Lacoste harmoniza a leveza, durabilidade e flexibilidade do petit piqué de algodão a linhas simples e elegantes que libertam os movimentos.

AUTOCONFIANÇA EM MOVIMENTO

Vestir uma polo proporciona uma sensação de conforto e elegância combinada com uma grande facilidade de movimentos.

ESTILOS DIFERENTES

A polo está disponível em diversos estilos e modelos, mas todas partilham um ponto comum: uma sensação de leveza.

Leia mais sobre os modelos de polo