Background image

Lacoste x Save Our Species ESGOTADO

Obrigado a todos que compraram um polo e ajudaram a União Internacional para a Conservação da Natureza e a Lacoste nesta batalha para proteger as espécies em perigo em todo o mundo. Poderá contribuir através de uma doação em Save Our Species

Background image

O crocodilo deixa o seu lugar icónico

Uma coleção de polos de edição limitada, onde espécies ameaçadas tomam o lugar do crocodilo. O número de polos produzidos para cada série corresponde à quantidade remanescente da espécie na natureza. Ao comprar um destes polos está a contribuir para ajudar a IUCN e a Lacoste a lutar pela conservação da vida selvagem em todo o mundo.

A Vaquita

A vaquita, ou marsuíno-do-golfo-da-califórnia, é um solitário mamífero marinho, que gosta de nadar lentamente em águas pouco profundas. Em média, pesa cerca de 48 kgs e tem 1,5 m de comprimento. É uma espécie gravemente ameaçada, devido às redes usadas para pesca de camarão, onde os animais podem ficar presos.

Tartaruga de Myanmar

O futuro desta tartaruga de água doce, nativa da Birmânia, não é promissor.

O Lémure-Desportivo-do-Norte

Este primata mede apenas pouco mais de 50 cms, da cabeça à ponta da cauda, e pesa cerca de 800 g. Pode ser encontrado nas florestas secas do norte de Madagáscar. A intensa caça furtiva e a destruição do seu habitat, devido à agricultura e desflorestação, fizeram com que se tornasse numa espécie gravemente em perigo. 

O Rinoceronte-de-Java

Os Rinocerontes-de-Java são animais sossegados, solitários e muito raros. Atualmente, podem ser encontrados apenas na Indonésia, sob a proteção da Rhino Protection Unit, tanto nas planícies como na floresta tropical. Estão em perigo devido à sua baixa taxa de reprodução, aliada à caça furtiva intensa.

Gibão-Negro-Cristado-Oriental

Este primata é um dos mais raros do mundo. Apesar de pesar entre 5 a 10 kgs, este gibão salta de ramo em ramo com grande agilidade. Pode ser encontrado numa floresta situada na fronteira entre a China e o Vietname, onde a desflorestação tem vindo a reduzir o seu habitat. 

O Papagaio Kakapo

Este papagaio noturno, que não voa, de plumagem amarela, verde-seco e castanha, é nativo da Nova Zelândia e pode medir até 60 cms. O macho emite uma estarnha e poderosa vocalização, para atrair fêmeas. é uma espécie ameaçada, principalmente devido à sua baixa taxa de reprodução.

Condor-da-Califórnia

Com uma envergadura que pode atingir os 3 metros, o Condor-da-Califórnia é a maior ave voadora da América. A sua cabeça sem penas laranja avermelhada e o seu grande corpo está coberto de penas pretas. A sua sobrevivência está ameaçada pela contaminação por chumbo e lixo criado pelos humanos, que contaminam o seu habitat natural.

O Saola

Este herbívoro, tímido e solitário, tem uma vida calma nas florestas e montanhas do Vitname e Laos. Mas a sua sobrevivência está ameaçada, devido à caça furtiva intensa que se faz sentir nessa zona, que faz do Soala um dos grandes mamíferos em sério risco de extinção.

O Tigre da Sumatra

Este carnívoro, que pode pesar até 100 kgs e medir até 2 m de comprimento, vive na Indonésia. É geneticamente diferente de outros tigres do território e constuitui uma sub-espécie. Atualmente, as maiores ameaças que enfrenta são a caça ilegal e a desflorestação.

A Iguana de Anegada

Esta iguana, nativa da Ilha Virgem Britânica de Anegada, é um herbívoro, que pode pesar até 6 kgs e medir mais de 60 cms. Vive na floresta tropical seca. Infelizmente,  a criação de gado e a agricultura reduziram o seu habitat e cães e gatos selvagens acham-nas muito saborosas.

O programa Salvar as nossas Espécies da IUCN SOS

Todo o lucro é reinvestido. Metade, diretamente para a IUCN, a fim de financiar ações concretas de proteção da natureza. 
A outra metade é investida em comunicação, destinada a criar visibilidade a esta causa e ao programa Save Our Species.
Esta colaboração não tem fins lucrativos para a LACOSTE ,nem lhe é fonte de receita, e foi firmada por três anos.

Saiba mais em  Save Our Species